Estou deixando de ser pastor

Esperança

Eu conheci um empresário do ramo de alimentação que reclamava: meus clientes estão satisfeitos, minha família gosta do que faz, meus fornecedores me procuram, mas eu não estou feliz, pois não ganho o que mereço e apenas trabalho para que eles se realizem. Não demorou muito ele desentendeu-se com a família e fechou a empresa.

Já conheci outros profissionais que abandonaram seus ofícios, tanto por encontrar a sua verdadeira vocação, como por desencanto com o seu desempenho, por excesso de trabalho, ou até mesmo por má administração da vida e das oportunidades. Mas o que você sentiria se ouvisse de alguém que deixou de ser pastor?

Eu tenho conhecido alguns que o deixaram. E claro que não me refiro aos aposentados, aos que o fizeram para um descanso temporário ou recuperação física. Refiro-me aqueles que, mesmo permanecendo na liderança, agora são administradores de Igreja e não pastores; aqueles que são pregoeiros da auto-ajuda e não pastores; são animadores de auditório, mestres de cerimônia em eventos, promotores de festas religiosas, estrategistas de marketing de crescimento de Igreja e não pastores. Conheço ainda alguns que deixaram de ser pastor, porque pastor é quem pode ser imitado pelas ovelhas; deixaram de ser pastor, porque sua prioridade não foi o amor a Cristo e ao rebanho.

Seria melhor ouvir: “deixo de ser pastor segundo as minhas forças, limitado pela minha mediocridade, ambicioso pelos recursos que possa auferir e relapso com minhas ovelhas”. Seria melhor ainda que deixássemos de exercer um pastorado voltado para nossos interesses, nossas vontades apenas, ou até mesmo um pastor dito democrático, que viva para atender simplesmente a vontade da maioria das ovelhas e nos tornássemos o cumprimento da promessa de Deus: ”E vos darei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com ciência e sabedoria” Jeremias 3:15

Que cada pastor tenha coragem de orar: “Senhor, não me deixe exercer o pastorado como me convém, desejo ir além. Quero pastorear as tuas ovelhas, e agir segundo o teu coração. Faze de mim esse pastor. Amém”.

Autor desconhecido.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s