Haiti…

Catástrofe, fatalidade, horror, desgraça… Em poucos minutos tudo veio abaixo, cerca de 70% da população estava desabrigada, sedenta e faminta.

Fatos dolorosos e marcantes levam o ser humano a buscar um culpado. Durante esses dias ouvimos diversos “especialistas” tentando justificar o injustificável.

Ouvimos inclusive o silencia das autoridades e também da igreja, que em sua letargia não reagiu de imediato. Um dos “ícones” do cristianismo nos U.S.A, Pat Robertson, chegou a culpar o diabo e o povo haitiano, que em boa parte pratica a religião “vudu”, pela catástrofe ocorrida. O próprio cônsul haitiano no Brasil compartilhou dessa acusação.

Vivemos em uma sociedade que só sabe acusar, não importa quem, ela quer um culpado para que possa colocar no banco dos réus e condenar sumariamente.

Assistimos a cenas chocantes, imagens marcantes, mas também ouvimos testemunhos que nos levam a ter esperança e FÉ.

O soldado brasileiro, único sobrevivente do alojamento que desmoronou, chegou as lagrimas ao tentar socorrer seus companheiros e constatar e reconhecer sua própria incapacidade e fragilidade.

O jovem haitiano soterrado até o tórax, machucado e mesmo assim orando e dizendo para o mundo ouvir: “Eu sou cristão, Jesus vai me salvar, mas eu entrego a Ele a minha vida e Ele fará o melhor”. Enquanto ele orava, um grupo sobre os escombros entoava hinos de louvor e adoração a Deus. O jovem sobreviveu.

Outra haitiana, soterrada, por quatro dias, foi localizada entre os escombros de um hospital, ela é enfermeira. Por uma pequena abertura ela chamava por socorro, quando vagarosamente tiraram as pedras e ampliaram a abertura, a imagem que se viu foi de seu rosto sorridente, olhos lacrimejados e sua mão acenando. Ela estava soterrada até o pescoço, apenas seu rosto e uma mão estavam livres. Um verdadeiro milagre.

Em meio a um grande deserto existem pequenos oasis, como em meio a grandes tragédias existem imensos milagres.

Respeito, solidariedade, compaixão, amor deveriam ser os sentimentos dos homens diante de tais acontecimentos.

Que Deus tenha misericórdia de nós e em especial, nestes momentos, do povo haitiano.

“Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes” (Marcos 12:31)

“E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo” (Lucas 10:27)

“E, Naquele mesmo tempo, estavam presentes ali alguns que lhe falavam dos galileus, cujo sangue Pilatos misturara com os seus sacrifícios. E, respondendo Jesus, disse-lhes: Cuidais vós que esses galileus foram mais pecadores do que todos os galileus, por terem padecido tais coisas? Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis.E aqueles dezoito, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, cuidais que foram mais culpados do que todos quantos homens habitam em Jerusalém? Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis”  (Lucas 13:1-5).

A PAZ de CRISTO
Pr. Wlademir

Um comentário sobre “Haiti…

  1. DEUS E TUDO EM NOSSA VIDA ELE E PODEROSO TODA HONRA E GLORIA SEJA DADA A ELE O TODO PODEROSO OS MILAGRES AINDA ESTAO ACONTECENDO OBRIGADO JESUS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s