A prova mais dura da fé

Na vida de cada crente, e também da igreja, há um momento em que Deus nos coloca a prova mais difícil da fé. É o mesmo teste que Israel enfrentou no deserto da Jordânia… Qual é esse teste?

Você olha para os perigos que se avizinham, os enormes problemas que enfrentamos, os altos muros da dor, os principados e potestades, que procuram destruir-nos e joga para a frente totalmente dependente das promessas de Deus. O teste é comprometer-nos a uma vida de confiança e esperança em sua Palavra. É um compromisso para acreditar que Deus é maior que todos os nossos problemas e inimigos.

Nosso Pai celestial não está buscando aqueles que têm uma fé específica para um problema em um determinado momento. Ele busca uma vida de fé, um compromisso vitalício que o leve a acreditar no impossível. Esse tipo de fé traz tranqüilidade e descanso para nossas almas, não importa qual seja nossa situação. Temos essa calma quando decidimos de uma vez por todas que, “Meu Deus é maior. Ele é capaz de me livrar de toda e qualquer das minhas aflições“.

Nosso Senhor é amoroso e paciente, mas ele não vai permitir que o seu povo continue por muito tempo na incredulidade. Talvez você tenha sido tentado uma e outra vez, mas agora chegou o momento de tomar uma decisão. A fé que Deus quer é aquela que resiste as provas mais difíceis, uma fé que não permitirá que sua confiança e sua fidelidade sejam quebradas.

Existe muita teologia que envolve o tema da fé. Para exercê-la simplesmente, não podemos criar frases e repetir: “eu creio, eu realmente creio…” Não, a fé é um compromisso que fazemos para obedecer a Deus. Minha obediência reflete a profundidade da minha fé.

Quando Israel foi confrontado em Jericó, as pessoas foram orientadas a não dizer palavra alguma e simplesmente marcharem. Estes crentes fiéis não sussurrando uns aos outros, “Ajude-me a acreditar, Senhor. Eu realmente acredito”. Não, eles se concentraram em uma coisa que Deus lhes pediu para fazer: obedecer a sua palavra e seguir em frente.

Isso é fé. Significa colocar seu coração em obediência a tudo que está escrito na Palavra de Deus, sem questioná-la ou obedecê-la parcialmente. Sabemos que, se nossos corações estão determinados a obedecer, Deus fará com que sua Palavra seja clara para nós, sem confusão. Além disso, se ele nos manda fazer algo, ele nos suprirá, com poder e força para que possamos obedecer:

“… diga o fraco: Eu sou forte” (Joel 3:10).

“No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder” (Efésios 6:10).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s