Suportando uns aos outros

“Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também” (Colossenses 3:13).

Suporte e perdão são duas questões diferentes. Apoio significa parar toda a ação e pensamento de vingança. Isto significa, em outras palavras: “Não faça justiça com suas próprias mãos. Pelo contrário, ele suporta a sua dor. Deixar o assunto de lado e não levá-lo adiante”.

Note que o suportar não é apenas um conceito do Novo Testamento. Em Provérbios diz:

“Não digas: Como ele me fez a mim, assim o farei eu a ele; pagarei a cada um segundo a sua obra”  (Provérbios 24:29).

Isso nos dá um exemplo poderoso do presente aviso na vida de David. Ele ficou furioso com desejo de vingança contra um homem mau chamado Nabal. Nabal recusou ajudá-lo, quando Davi precisava. David jurou vingança, mas obedeceu ao conselho de Deus: “Não faça vingança… que o Senhor luta sua batalha“. A situação foi neutralizada a tempo e Davi louvou a Deus por sua intervenção. (Veja I Samuel para saber a história completa).

David teve outra chance de uma vingança fácil quando ele encontrou o seu perseguidor, Saul dormindo em uma caverna em que o próprio Davi estava escondido. Os homens de Davi o pressionaram, dizendo: “É vontade de Deus. Ele entregou o teu inimigo em tua mão. Matá-o e seja vingado”. Mas David resistiu, e cortando um pedaço do manto de Saul, então, a fim de provar que ele poderia ter matado Saul naquele momento. Estas ações são sábias, pois Deus envergonha os nossos inimigos, que foi o caso quando David mostrou a Saul o pedaço de pano. Saul respondeu:

“E disse a Davi: Mais justo és do que eu; pois tu me recompensaste com bem, e eu te recompensei com mal.” (1 Samuel 24:17).

Perdoar inclui dois mandamentos: (1) amar nossos inimigos e (2) Orar por eles.

“Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus” (Mateus 5:44).

Um velho sábio pregador disse, “Se você orar por seus inimigos, você pode fazer tudo”. Eu percebi que isso é verdade em minha própria vida.

Jesus nunca disse que seria fácil perdoar. Quando ordenado, “Amai os vossos inimigos”, a palavra grega “amor” não significa “amor”, mas “compreensão moral”. Simplesmente, perdoar alguém não tem nada a ver com emoções, mas se trata sim de tomar uma decisão moral para eliminar o ódio de nossos corações.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s