Quantidade de amigos, isso é o que conta…

onlineExiste uma preocupação excessiva em relação à quantidade de amigos virtuais que, não só os jovens e adolescentes, mas também os adultos, cultivam nas mídias sociais, especialmente em sites como Orkut, MySpace, Facebook, LinkedIn, Xing entre outros.

No caso das redes sociais, penso que é possível e de certa forma nos motiva a querer acumular amizades, em vez de aprofundá-las. Por outro lado, as mídias sociais, permitem sustentar e manter essas amizades ao longo do tempo, que poderiam ter se perdido por causa da distância ou tempo ou de alguma outra forma.

Pessoas inconstantes mantem relacionamentos inconstantes. Os contatos esporádicos que ocorrem em uma rápida conversa em uma conferência, ou em uma igreja ou em um evento social, podem transformar-se em uma amizade real, da mesma forma uma amizade virtual pode transformar-se em uma amizade real, com contato pessoal “cara-a-cara”.

Uma questão a ser colocada é: vale a pena esse intercâmbio? O esforço com as amizades virtuais valem o risco de superar o tempo e a distância, para transformá-las, com um significado profundo, em uma amizade real?

Uma história divulgada por um grande jornal, informa que um de seus colunistas decidiu convidar todos os seus 700 amigos do Facebook para encontrar-se com ele em um bar local, porém só uma pessoa compareceu.

Em última análise, enquanto nós cultivamos nossas amizades virtuais como um complemento aos nossos verdadeiros relacionamentos, onde conhecemos as pessoas e lhes mostramos o amor de Deus, essa pratica pode ser uma ferramenta valiosa. Mas devemos ser cautelosos quanto a associar o nosso valor como pessoa humana, simplesmente ao contador eletrônico de amigos virtuais. Essa associação é uma versão mais consumista da velha obsessão por popularidade, mas pensar em seus amigos virtuais como uma mercadoria a ser apresentada, isso é raso e doentio. Existem diversas maneiras que podemos utilizar para combater esse pensamento, podemos promover e convidar esses amigos a provar o amor que Jesus demonstrou por toda humanidade.

E isso, nós podemos fazer on-line…

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16)

Um comentário sobre “Quantidade de amigos, isso é o que conta…

  1. oláa!! a paz!! passando pra lhe parabenisar por seu artigo aqui apresentadoo… é uma realidade vivida por muitos de nós internautas.. mas q nem sempre é focada da maneira aqui apresentada…seria muiito bom q outras pessoas assim como eu tivesse o interesse de ler sobre tal assuntoo, mas creio q assim como eu q navegava por esses sites afora há muitos q a encontraram… q o Senhor continue lhe abençoando cada dia mais .. .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s