Marcos 2:24-28

E os fariseus lhe disseram: Vês? Por que fazem no sábado o que não é lícito? Mas ele disse-lhes: Nunca lestes o que fez Davi, quando estava em necessidade e teve fome, ele e os que com ele estavam? Como entrou na casa de Deus, no tempo de Abiatar, sumo sacerdote, e comeu os pães da proposição, dos quais não era lícito comer senão aos sacerdotes, dando também aos que com ele estavam? E disse-lhes: O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado. Assim o Filho do homem até do sábado é Senhor.

O Sábado, o último dia da semana era um sinal do descanso de Deus na primeira criação. Era também um sinal do concerto (acordo) que Ele havia feito com Israel. Por causa do pecado, o homem nunca compartilhou deste descanso com Deus. Deus tentou outra vez, e deu ao homem uma aliança – a lei – mas imediatamente eles a quebraram, ao construir o bezerro de ouro. Então, finalmente, crucificaram o Filho de Deus. O único Homem com quem Deus poderia ter comunhão – o Filho do Seu amor – o Senhor do Sábado. Da parte do homem, tudo estava rompido e acabado. Davi é usado aqui como uma figura do mesmo aspecto. O Sábado, o sinal do primeiro concerto estava rompido e acaba por desaparecer. O Cristianismo é fundado sobre uma nova obra – a cruz de Cristo. Ele ficou morto durante o Sábado e ressuscitou no primeiro dia da semana – o Dia do Senhor – Domingo. Assim a ressurreição é o princípio da nova criação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s