Êxodo 20:16

Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.

Não mentirás. Não proferirás palavras que ferem, mas dirás palavras que curam.
Por que Deus iria incluir esse mandamento, “Não dirás falso testemunho”, entre os dez mandamentos? O que este mandamento tem a ver com o amor de Deus para nós? Fico surpreso ao compreender que entre os dez, três se referem ao uso da língua: tomar o seu nome em vão, matar com palavras que pronunciamos e agora falso testemunho. Salomão sabiamente comentou: ”A morte e a vida estão no poder da língua” (Provérbios 18:21).
Compreenda que só Deus pode mudar o seu modo de falar. Quando pensamos que conseguimos controlar nossa boca, quando pensamos que nossa língua foi domada, tornando-se amável e civilizada, algo nos incendeia e machucamos alguém com nossas palavras iradas e amargas. Nossa língua é como um animal selvagem e Tiago disse: que homem algum pode domá-la. Há uma razão simples para isso: É porque só Deus pode. A verdadeira cura acontece em seu coração e mente, quando compreende que só Deus pode realizar essas coisas em sua vida.
“Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, SENHOR, Rocha minha e Redentor meu!” (Salmo 19:4).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s