13 de Fevereiro

Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu. (Mateus 18:18)

“Tudo o que”: estas são palavras preciosas. Nesta passagem, o céu é medido pela terra, pois há sempre mais poder no céu do que a medida de nosso pedido; há sempre mais a ser desligado ou ligado no céu do que aquilo que pedimos na terra. Por que buscamos a libertação do pecado? Por que sempre clamamos a Deus para que nos revista de poder? Fazer a seguinte oração: “Faça-se a Tua vontade em mim” é um bom começo, sem dúvida, mas devemos avançar para: “Faça-se a Tua vontade na terra”. Os filhos de Deus hoje gastam tempo com coisas extremamente pequenas, uma vez que sua oração deveria ter o objetivo de liberar atos poderosos do céu. Orar por mim mesmo ou por minhas próprias preocupações imediatas deve conduzir-me à oração em favor do Reino. Neste sentido, a Igreja deve ser a passagem do céu, o canal para liberar o poder do céu, o meio para se fazer cumprir o propósito de Deus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s