06 de Fevereiro

Quando, pois, Jesus lhes disse: Sou Eu, recuaram e caíram por terra. (João 18:6)

Naquela última noite que antecedia o Calvário, tudo parecia dar errado. Traição e rejeição estavam no ar; as pessoas escondiam-se ou fugiam expostas em seu desejo de escapar. Mas, para aqueles que apareceram para Levá-Lo, Jesus disse serenamente e calmamente “Sou Eu”. Eram eles que estavam nervosos e caíram para trás. Essa paz interior sempre foi uma marca de Jesus. Ele podia dormir em meio à tempestade. Podia perceber o toque de fé em meio à multidão e perguntar quem O havia tocado. LE a chama de “Minha Paz”.
Esta paz, ELE disse, “vos dou”. Não a levou, pois ELE está aqui. Sim, no mundo teremos aflições, mas teremos também a Sua Paz, que segundo afirma o apóstolo Paulo, excede todo o entendimento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s